Guia do Visitante

O que deve saber antes de visitar
  1. Procure fazer a sua reserva atempadamente.
  2. No dia da sua viagem compareça com alguma antecedência, pelo menos 30 minutos antes da hora do embarque para levantar o seu bilhete sem pressa.
  3. Vista roupa confortável e adequada para a época e traga sempre um agasalho.
  4. Opte por calçado desportivo.
  5. Leve roupa de banho e chinelos na mochila no caso de querer dar um mergulho.
  6. Aconselhamos o uso de chapéu, óculos de sol e protetor solar.
  7. O restaurante e o Forte de São João Baptista não estão abertos ao público o ano todo. Por favor confirme se estão em funcionamento se viajar fora dos meses de verão.
  8. Leve sempre água consigo, de preferência numa garrafa reutilizável.

A Reserva Natural das Berlengas tem um património natural único, cabendo a todos nós proteger este ecossistema riquíssimo. Por forma a conservar os seus habitats, espécies animais e flora, é fundamental manter a Berlenga livre de espécies não nativas, apoiando, deste modo, o trabalho do projeto LIFE Berlengas.

  • Verifique a sua bagagem antes de embarcar a fim de não transportar insetos, mamíferos ou sementes, tenha especial atenção ao material de campismo.
  • Se observar ratos ou coelhos da ilha informe os vigilantes da natureza.
  • Não mexa, retire ou danifique as armadilhas colocadas na ilha.

Consulte os Termos e Condições para mais informação.

Atos e atividades interditos na Reserva Natural das Berlengas

  • A entrada de animais de companhia com excepção de cães guia.
  • A colheita, corte, captura, abate ou detenção de exemplares de quaisquer espécies da fauna e flora.
  • A introdução, o repovoamento ou a detenção em cativeiro de quaisquer espécies não indígenas da flora e fauna.
  • O abandono, depósito ou vazamento de resíduos.
  • O sobrevoo por aeronaves com motor abaixo de 1000 pés.
  • A utilização de aparelhos de amplificação sonora e recetores de radiodifusão no exterior dos edifícios e das embarcações.
  • A utilização de veículos motorizados e de motores de combustão.
  • A pernoita e a prática de campismo fora dos locais expressamente destinados.
  • A circulação fora dos trilhos e caminhos existentes.

O não cumprimento das regras atrás descritas pode resultar numa coima com o valor mínimo de 200€ que pode ir até aos 10 000€ a aplicar ao infrator.